Executivos da empresa Eólicas Caetité e do banco BNDES visitam projetos em Caetité

Na tarde da última terça-feira (28/03) executivos da empresa Eólicas Caetité e do banco BNDES, acompanhados do secretário de Desenvolvimento Econômico, Rosival Almeida, e de parte da sua equipe, visitaram diversos programas desenvolvidos pela administração e apoiados por essas empresas.

 

Um desses projetos é o Brotando Águas, responsável pela construção de barraginhas para captação de águas da chuva. Até o momento já foram construídas cerca de 40 barraginhas, nas comunidades de Escadinha e Pirajá. A iniciativa visa o aumento da disponibilidade da água no solo, diminuição da erosão e o assoreamento de córregos e rios, além de criar sustentabilidade familiar, pois a partir dele, outro projeto foi criado: as hortas orgânicas. Os agricultores regam suas hortas e vendem suas mercadorias para o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Durante a visita, os executivos foram informados que, sob a supervisão da secretaria de Desenvolvimento Econômico, 15 agricultores foram capacitados pela equipe do SENSOR, contratada pela Eólicas  Caetité, em parceria do BNDES, que aprenderam que o manejo do solo é um conjunto de todas as práticas aplicadas visando a produção agrícola, ou seja, é  aproveitar ao máximo o solo, com adubação e preparos de canteiros.

 

“Por isso, o manejo orgânico prioriza práticas que proporcionam a manutenção e a melhoria da qualidade do solo. Desse modo, é recomendado a manutenção de cobertura vegetal sobre o solo, a adubação, o plantio direto, entre outras práticas conservacionistas. Além disso, o manejo do solo no sistema orgânico prioriza as fontes orgânicas de nutrientes e não utiliza fertilizantes químicos de alta solubilidade”, explicou Rosival Almeida .

 

Deixe um comentário